Introdução aos Lagos Ornamentais Imprimir E-mail

 

laguinho_Laguna

 

De início os lagos artificiais eram construídos como depósito de peixes, garantindo um acesso fácil a uma reserva de alimentos (os referidos peixes e algumas aves, de hábitos aquáticos, como patos, marrecos e gansos) nas épocas de escassez. Diversos povos da antiguidade como os sumérios, romanos, chineses e egípcios, apenas para citar alguns, utilizaram-se desse recurso.


Com o tempo e a necessidade humana de uma maior aproximação com os elementos naturais, tais recintos e seus habitantes evoluíram para formas destinadas a alimentar mais ao espírito que ao corpo. Os lagos artificiais foram submetidos a um tratamento arquitetônico e paisagístico, transmutando-se nos lagos eminentemente ornamentais que podemos admirar atualmente.


Pela mesma evolução passaram alguns dos peixes mantidos nestes tanques, tais como os kínguios e carpas, que de criaturas destinadas apenas para servir de refeição foram selecionados para ostentar formas e padrões de colorido inusitados, até então, nestes animais, que se tornaram a base do que hoje chamamos de aquariofilia.

 

lago_ornamental

 
child porn child porn child porn child porn child porn child porn child porn child porn child porn child porn child porn child porn child porn child porn child porn child porn child porn child porn