CONTATO

11 2535-8000

atendimento@aquárioitaquera.com.br

Endereço

Av. Jacu Pêssego Nova Trabalhadores, 1685 - Colônia (Zona Leste), São Paulo - SP, 08225-700 

Montagem do aquário!

Atualizado: 20 de Ago de 2019



Com a ajuda do post anterior, já sabemos as principais decisões a tomar para montar o primeiro aquário (https://www.aquarioitaquera.com.br/post/dicas-para-o-primeiro-aquario) Depois de definir o local, a base, o tamanho e o tipo de aquário, seguimos para a montagem. Primeiramente , colocar o aquário no local ideal, lembrando que o piso e o móvel precisam estar nivelados e fora da incidência de luz direta e odores. Iniciar com a lavagem dos substratos e decorações (use somente os específicos para aquário). Lave em água corrente para eliminar ao máximo as impurezas Não use nenhum tipo de produto de limpeza, somente água! Se for substrato fértil para aquários de plantas naturais, não é necessário lavar.




Existem variados tipos e cores de substratos. Alguns são grossos, coloridos, arenosos, arredondados, férteis, marinhos etc. Antes de escolher, pesquise qual será o substrato apropriado para seu tipo de aquário e peixes que o habitarão.





Coloque o substrato já lavado no aquário. Recomendamos colocar de 5 a 8 centímetros de altura. Comece com uma camada mais fina na frente e subindo para uma camada mais grossa nos fundos para que o aquário ganhe mais visibilidade. Caso opte em colocar placas biológicas no fundo, monte-as com os tubos onde serão instaladas as bombas ou o tubo de ar e somente depois cubra as placas com os substratos. Para quem usa placa biológica, essa configuração auxilia na biologia formada no cascalho e nas placas. Porém, outros meios de filtragens sem as placas e torres, tornam o visual do aquário mais natural. 


Observe a ilustração. O posicionamento das placas biológicas com os tubos. Reparem na altura dos cascalhos; começa com uma camada mais fina e depois aumenta até o fundo como se fosse uma espécie de "rampa".




Depois da colocação dos substratos, inicia-se a decoração. Coloque as rochas, troncos, plantas e outros enfeites de acordo com as necessidades dos habitantes e a harmonia visual. Encha o aquário com água seguindo o procedimento abaixo descrito, e somente depois, liguem as bombas e filtros, sempre seguindo o manual dos fabricantes.

Procedimento para encher o aquário. Coloque um saco plástico vazio ou uma tampa de vasilha ou até mesmo uma vasilha e inicie despejando a água lentamente em cima do objeto escolhido. O mesmo amortecerá o impacto da água e evitará o deslocamento dos substratos ou das decorações. O ideal é colocar a água com mangueira para um enchimento suave. Depois de encher o aquário, instale o aquecedor com termostato desligado, espere 10 minutos e depois ligue-o na temperatura ideal para o peixe escolhido. Lembre-se que o vidro do termostato é fino e costuma quebrar com o choque térmico. Portanto, não o retire da água enquanto estiver quente. Ligue o aerador ou a bomba submersa e/ou o filtro. Em caso de bomba submersa, a mesma deve estar a 4 dedos submersos para evitar o superaquecimento e queima do mesmo. No caso de filtro externo, é necessário que o mesmo esteja cheio de água antes de ligar na tomada, para evitar a queima do motor. Cheque diariamente o funcionamento da bomba, pois dele depende os seus habitantes. Faça a manutenção semanal. Por último, coloque a tampa do aquário e do móvel, e se tiver luminária ligue-a.

Resumindo:


- planejar quais elementos colocaremos no aquário

- lavar tudo com água corrente

- coloque o substrato

- depois os objetos decorativos

- na sequencia bombas e filtros

- encha de água

- coloque a luminária

- por ultimo a tampa


O próximo passo você pode conferir em nosso próximo post: CICLAGEM e ACLIMATAÇÃO! Iremos aprender a preparar a água do aquário para receber os peixes ou outros animais.

137 visualizações